Gilson Cavalcante , poeta brasileiro e escritor independente, lança seu décimo livro.

LANÇAMENTO 25 DE SETEMBRO

A ARTE DE DESMANTELAR CALENDÁRIOS

Gilson Cavalcante

levo uma vida aberta.
todas as janelas de minha casa se abrem pra fora
escancaradamente sem metáforas,
embora me valho delas pra enredar a trama das palavras no curso da poesia.

DOBRADIÇAS DE VELUDO

Gilson Cavalcante

  • Preto Ícone Instagram
  • Black Facebook Icon
A arte de desmantelar calendários, novo livro do poeta brasileiro Gilson Cavalcante, escritor independente.

*Reprodução digital de obra do artista plástico Antônio Netto 

A ARTE DE
DESMANTELAR CALENDÁRIOS

Gilson Cavalcante lança seu 10° livro de poesias, produzido durante a pandemia.

Preço promocional de pré-lançamento R$ 40

Baixe mini ebook gratuito

MARCA-QUALIDADE-BOA.png
 

LIVROS

O amor não acende velas, nono livro do poeta brasileiro Gilson Cavalcante, escritor independente.

O AMOR NÃO ACENDE VELAS

A morfina flor de morfeu, O amor não acende velas, oitavo livro do poeta brasileiro Gilson Cavalcante, escritor independente.

A MORFINA FLOR DE MORFEU

Anima Animus, o decote de Vênus, sétimo livro do poeta brasileiro Gilson Cavalcante, escritor independente.

ANIMA ANIMUS

 

NA IMPRENSA

Poeta Gilson Cavalcante, o Maiakovski tocantino, tece versos sobre o isolamento social. Para amenizar o confinamento e o noticiário pandemia, confira versos como "amo a distância e são nessas circunstâncias que me vejo completo no silêncio de ser solidário".

LAINTON COSTA, JORNAL DO TOCANTINS

Na obra de Gilson Cavalcante pode ser observada (por semelhantes e dessemelhantes), como portentosa contradição e periféricos paradoxos humanos, demasiadamente humanos sob a perspectivada vontade de poder, apolinismo ou variações dionisíacas que segue ( e sempre seguiu) sem amarras.

Luiz Armando, PORTAL LUIZ ARMANDO COSTA

A escrita de Gilson torna-se, mais do que nunca, um jogo que cria e testa
possibilidades sígnicas, reiterando, contradizendo, negando, e ao fim e ao cabo, acumulando
sentidos, redimensionando o elástico mundo dos signos até onde pode ser possível, para enfim
nos mostrar a magia da proliferação das palavras.

HILDA MAGALHÃES, REVISTA ENTRELETRAS

 

BIO

Poeta brasileiro, Gilson Cavalcante, escritor independente, biografia, perfil.

Gilson Cavalcante é jornalista e poeta, nascido em Porangatu (GO) e há quase 40 anos vive em Palmas (TO). Estreou com a publicação de “69 Poemas- Dos Lençóis e da Carne”, em parceria com Hélverton Baiano, seguido por
“Lâmpadas ao Abismo”, “Ré/Ínventário da Paisagem”, “Poemas da Margem Esquerda do Rio de Dentro”, este contemplado com menção especial no concurso literário nacional PRÊMIO CIDADE DE JUIZ DE FORA, em 2002.

 

Com “O Bordado da Urtiga”, prêmio da Bolsa de Publicações Maximiano da Matta Teixeira, 2008, da Fundação Cultural do Tocantins. Em 2009 publicou “Anima Animus - O Decote de Vênus” e “Bonsai de Palavras”, um livreto de hai-kais. Depois de vencer o histórico e concorrido concurso da Bolsa de Publicações Hugo de Carvalho Ramos, em Goiás, em 2011, o poeta recebeu o Troféu Goyases 2011, no campo da poesia. A honraria é da Academia Goiana de Letras. Gilson Cavalcante,
agora, coloca do mercado editorial mais duas obras poéticas: este A ARTE DE DESMANTELAR CALENDÁRIOS e O AMOR NÃO ACENDE VELAS, totalizando 10 obras publicadas. 

 

PRÓXIMOS EVENTOS

Set.

18

Lançamento do PODCAST "A ARTE DE DESMANTELAR CALENDÁRIOS" , plataformas de streaming.

Set.

25

Lançamento do LIVRO "A ARTE DE DESMANTELAR CALENDÁRIOS".

Set.

18

Cerimônia de premiação do VI FESTIVAL DE POESIA DE LISBOA.

Out.

15

Cerimônia de homenagem como DESTAQUE CULTURAL 2021, Porangatu.

Dez.

01

Lançamento de A ARTE DE DESMANTELAR CALENDÁRIOS na III FLUA - Feira Literária de Araguaína

 

CONTATO

Tel | Whatsapp: (63) 98421-3193 | gicante60@gmail.com

Assine para receber no seu email a literatura de Gilson Cavalcante

Obrigado pelo envio!

Siga:

  • Preto Ícone Instagram
  • Black Facebook Icon
 
01---GERAL.png